FGTS poderá ser usado para abater dívidas no Banestes

Cada caso será analisado individualmente e os descontos são maiores para quem decidir pagar à vista.

75
Agências do Banestes estão em todos os municípios do Estado

O dinheiro do FGTS, a ser liberado a partir de setembro, é uma boa oportunidade para realizar a renegociação de dívidas com o Banestes. Os clientes terão maior poder de negociação, pois um maior valor de entrada reduz ainda mais a incidência de juros. Pelas regras, os trabalhadores poderão sacar até R$ 500 de saldo em cada conta vinculada, seja ela ativa ou inativa.

Os clientes pessoas físicas poderão usar o dinheiro para renegociar suas dívidas de cheque especial, cartão de crédito, antecipação de imposto de renda e de 13º salário, crédito pessoal e microcrédito. Cada caso será analisado individualmente e os descontos são maiores para quem decidir pagar à vista.

“O Banestes vai conceder descontos especiais para clientes que utilizarem o saque do FGTS para quitação ou renegociação de suas dívidas, que podem chegar até 100% nos juros de mora.  Investimento nenhum remunera o valor a ser cobrado em uma dívida”, disse a diretora de Negócios da instituição, Carla Barreto.
A rede de agências do Banestes está pronta para realizar o atendimento e oferecer as melhores condições para desconto. O cliente deverá se dirigir a qualquer agência do Banestes com um documento de identificação com foto e solicitar sua renegociação.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Banestes
Texto: Jardel Torezani

Comentários Facebook