Bandes assume protagonismo no desenvolvimento regional e na atração de investimentos

Banco trabalha para instituir e ajustar seus mecanismos operacionais às necessidades de transformação, dinamização e diversificação de setores e regiões do Espírito Santo.

29
O setor industrial esta em crescimento no Estado

Há mais de 50 anos o Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) contribui para a formulação e a execução de políticas de fomento aos setores produtivos capixabas. A recente reestruturação da instituição permitiu ao banco se adequar às exigências da fase atual da economia estadual, assumindo papel relevante dentro da política de desenvolvimento capixaba.

 

Com um novo planejamento estratégico, englobando um horizonte de quatro anos, e a adequação de sua estrutura organizacional, o Bandes direciona esforços para a atuação com programas setoriais, cadeias produtivas e o incentivo às potencialidades regionais. Entre os destaques da nova forma de atuar, está o trabalho de incentivo e atração de novos investimentos para o Espírito Santo, priorizando a atração de empresas em setores estratégicos e estruturantes para economia capixaba.

 

O diretor-presidente do Bandes, Maurício Cézar Duque, enfatiza que o desafio é dar oportunidades para que os empreendedores possam gerar emprego, renda e competividade na econômica capixaba. As soluções apresentadas pelo banco potencializarão o regionalmente equilibrado entre as diferentes microrregiões capixabas.

 

“Estamos trabalhando em duas vias: o desenvolvimento regional e setorial. Essa atuação engloba o trabalho com o fortalecimento e o fomento ao empreendedorismo, à micro e pequena empresa, ações que o Bandes já faz, ou seja, crédito com qualidade para gerar oportunidades no Estado, pulverizando recursos. Mas o Bandes também precisa ser um instrumento de apoio às politicas que gerem desenvolvimento objetivo e distribuído, que gerem oportunidades também para que as médias e grandes empresas possam encontrar terreno fértil para se desenvolver”, detalha Duque.

 

Para o alcance destes objetivos, as soluções apresentadas pelo Bandes vão além do crédito tradicional, como por exemplo, mecanismos especiais de capital de risco por meio dos fundos de investimentos em participações (FIPs). Esse tipo de investimento é uma modalidade de apoio distinta do crédito tradicional, na qual a gestora do Fundo identifica o potencial de crescimento de um negócio e adquire um percentual de suas ações, ampliando os recursos disponíveis na empresa e contribuindo para sua expansão. Ou seja, o Fundo prospecta empresas e entra como sócio acionista por um período determinado.

Concessões e Parcerias

Ampliar a parceria entre iniciativa privadas e poder público é outro dos objetivos estratégicos do Bandes. O recém lançado “Programa de Concessões e Parcerias ES”, iniciativa entre Bandes e a Secretaria de Estado da Fazenda do Espírito Santo (Sefaz), atua como uma ferramenta para ampliar os recursos necessários para ampliação de obras e serviços, contribuindo diretamente para o desenvolvimento econômico, ambiental e social dos capixabas.

O programa tem objetivo possibilitar aumentar as entregas e investimentos em infraestrutura à população, com maior produtividade e competitividade das obras e serviços públicos.

Ao instituir e ajustar seus mecanismos operacionais às necessidades de transformação, dinamização e diversificação de setores e regiões do Espírito Santo, o Bandes reforça seu papel de protagonista dentro da política de desenvolvimento do Governo do Estado.

 

Informações sobre linhas de financiamento:

Bandes Atende: 0800 283 4202

Av. Princesa Isabel, 54, Centro, Vitória

App disponível para Android e iOS

www.facebook.com/bandesonline

www.bandes.com.br

 

Informações à imprensa: Gerência de Comunicação Institucional do Bandes

Bárbara Deps Bonato – Wilson Igreja Campos

 

Comentários Facebook