CAU/ES reforça ações no interior do estado começando pelo litoral norte

Dentre as notificações registradas está a falta de emissão do Registro de Responsabilidade Técnica – infração passível de multa e até abertura de processo ético junto ao Conselho

88
Foto: Divulgação CAU/ES

As cidades de São Mateus, Conceição da Barra, Itaúnas e Guriri fizeram parte da rota de fiscalização realizada na primeira quinzena de julho ao norte do estado pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Espírito Santo (CAU/ES), no início de julho. Foram visitadas 15 obras e, dentre as ocorrências, foram registrados casos de construções com ausência de responsável técnico ou de registro de responsabilidade técnica (RRT).

“Nestas ações fiscalizatórias reforçamos a necessidade do RRT em obra, pois ele atesta a responsabilidade técnica do profissional envolvido na atividade de projeto e/ou execução. Vale lembrar que quando não há responsável técnico, o proprietário ou condomínio pode ser multado.  No caso de haver um responsável técnico arquiteto sem o devido RRT, o mesmo é notificado podendo ser multado e ainda sofrer processo ético, alerta a gerente Técnica do CAU/ES, Juliana Grillo.

Juliana ainda avalia que as ações no interior tiveram um resultado positivo, no sentido de apresentar o Conselho aos habitantes e aos operários das obras, assim como intensificar as ações de interiorização do CAU/ES. Dentre as cidades visitadas, Guriri foi a região que apresentou mais obras em andamento. “Novas visitas são necessárias para o acompanhamento dessas situações”, disse.

A presidente do CAU/ES, Liane Destefani, destaca que as ações fazem parte do projeto de interiorização das atividades do Conselho. “O maior número de projetos e atividades de Arquitetura e Urbanismo está concentrado na Grande Vitória, no entanto, faz parte da nossa agenda ampliar a presença do CAU no interior, contribuindo para a proximidade e integração com os profissionais e população das cidades fora do eixo metropolitano”, destaca.

Comentários Facebook