Marido acusado de jogar a mulher na piscina

25

Uma discussão provocada por ciúmes envolvendo uma mulher e o marido, no Bairro Pedra D’Água em São Mateus por volta das 17 horas deste domingo (14), foi parar no Hospital Roberto Silvares e na Delegacia, para onde o homem foi conduzido, embora o irmão da suposta vítima afirmar que foi ela quem começou a desavença.
De acordo com os policiais militares que atenderam a ocorrência a mulher de iniciais K.L.Z,, de 42 anos foi agredida pelo marido identificado pelas inicias A.R.B., de 38 anos. Os dois já haviam se separado antes, mas reataram o relacionamento. Ambos possuem medida protetiva um contra o outro, e mesmo assim voltaram a viver sob o mesmo teto.
De acordo com os policiais, a mulher tentou verificar as informações que estavam no celular do seu marido, mas ele não deu o aparelho a empurrou vindo a cair no fundo da piscina que estava rasa.
Mesmo acusado de ter empurrado a mulher, o marido foi para o Hospital e enquanto os policiais conversavam com a vítima, um irmão dela se apresentou e disse que as agressões começaram pela irmã, comprovando o que disse o marido agressor.
Diante das circunstâncias do fato, mesmo o acusado se defendendo dizendo que primeiro foi agredido pela mulher e para se defender a empurrou, foi conduzido para a Delegacia da Polícia Civil para que providências fossem adotadas. O casal, mesmo com todas as adversidades e agressões mútuas, convivendo, segundo a mulher por cinco anos e que já chegou a se separar uma vez por ciúmes, mas haviam reatado o relacionamento.
O irmão da mulher defendeu o cunhado e afirma que por duas vezes presenciou ela agredindo o marido e chegou a pedir que parasse, no que não foi atendido. Disse que o cunhado empurrou a irmã dele para se defender.

DA REDAÇÃO DO JORNAL A ILHA / HILMAR DE JESUS
Comentários Facebook