Saiba como votou a bancada capixaba para a Reforma da Previdência

O governo conseguiu 71 votos a mais do que o mínimo necessário de 308 para aprovar o texto-base

54
(Foto: Jornal/AT)

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou ontem, em primeiro turno, o texto-base da proposta de reforma da Previdência apresentada pelo governo Jair Bolsonaro. Foram 379 votos a favor — 71 a mais do que o mínimo necessário, de 308. Contra foram 131. Não houve abstenção.

Idade mínima
A reforma da Previdência prevê que trabalhadores só poderão se aposentar apenas por idade, ou seja, não tem aposentadoria por tempo de contribuição:

 (Foto: Jornal / AT)
(Foto: Jornal/AT)

Tempo de contribuição
Para se aposentar, também será exigido um tempo mínimo de contribuição, sendo o mínimo de 15 anos para mulheres e 20 anos para homens. Para servidores públicos, com exceção dos estaduais e municipais, o tempo mínimo será de 25 anos.

Regra de cálculo
O valor do benefício será calculado com base na média de todos os salários de contribuição. Pela regra atual, o cálculo é feito com os 80% dos maiores salários de contribuição do trabalhador. Ele terá a chance de excluir menores salários se reduzirem o benefício, mas o tempo também será desconsiderado.

Média do cálculo
Com 20 anos de contribuição, o trabalhador terá direito a 60% do valor do benefício, que irá subir 2 pontos percentuais para cada ano a mais de contribuição. No caso das mulheres, um acordo foi firmado para aprovar uma regra que permita que elas tenham direito a 60% do benefício a partir de 15 anos de contribuição.

 (Foto: Jornal/AT)
(Foto: Jornal/AT)
DA REDAÇÃO DO JORNAL A ILHA | COM INFORMAÇÕES TRIBUNA ONLINE
Comentários Facebook