Carteira de motorista de graça para mais 566 de pessoas nesta segunda

61

Quem não foi selecionado na primeira etapa do Programa CNH Social 2019 pode ter mais uma chance de conseguir a carteira de habilitação de graça. Nesta segunda-feira (8), o Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran-ES) convoca mais 566 candidatos suplentes. A primeira fase de inscrições atraiu 56.241 interessados.

O diretor-geral do Detran-ES, Givaldo Vieira, explica que as vagas disponibilizadas neste momento são aquelas que não foram preenchidas pelos candidatos selecionados porque não respeitaram os prazos estabelecidos para o andamento do processo e, por isto, foram desclassificados.

A convocação é para que todas as 2.500 vagas oferecidas sejam preenchidas. “Para não perdermos essas vagas e beneficiarmos mais pessoas, incluímos, pela primeira vez, a lista única de espera, que oferece melhor aproveitamento do programa e mais oportunidades para os inscritos”, explicou.

Givaldo Vieira, diretor-geral do Detran: objetivo é promover inclusão social (Foto: Dayana Souza/AT)

Para este ano, são cinco mil vagas, divididas em duas etapas. Ainda haverá outra etapa de inscrições neste ano, a ser realizada entre os dias 16 e 25 de setembro, quando serão disponibilizadas as oportunidades restantes.

Segundo o Detran, o programa pretende proporcionar oportunidade para pessoas de baixa renda em todo o Estado terem a carteira de habilitação em mãos.

Givaldo ressaltou que mais vagas serão oferecidas até 2022. “O governo do Estado, por meio do Detran-ES, vai ofertar um total de 25 mil carteiras de motorista para promover inclusão social”, afirma.

De 2011 até maio deste ano, 13.565 pessoas foram beneficiadas pelo programa no Estado. O investimento do governo é de R$ 8,5 milhões por ano. A iniciativa possibilita que pessoas de baixa renda obtenham a primeira habilitação nas categorias A (moto) ou B (carro).

Aqueles que já são habilitados podem conseguir a adição da categoria A ou B e a mudança de categoria D, para dirigir van, micro-ônibus ou ônibus, ou até mesmo E, para caminhão e carretas.

Saiba mais

O processo

  • Os 566 candidatos contemplados na lista única de suplentes têm o prazo de 15 dias para fazer a matrícula on-line, a partir de nesta segunda-feira (8).
  • Os selecionados devem acessar o site www.detran.es.gov.br na opção “CNH Social” e preencher os requisitos solicitados para ter acesso a informações como: em qual Centro de Formação de Condutor (CFC) devem fazer a abertura do processo de habilitação e quais os documentos necessários para dar início ao processo.
  • Os candidatos também devem se atentar aos prazos estabelecidos para procurar o CFC presencialmente, fazer a coleta biométrica em uma unidade do Detran-ES, solicitar o exame toxicológico no laboratório credenciado, no caso de candidato à categoria D ou E, e concluir os exames médico e psicológico.
  • Quem não respeitar os prazos estabelecidos será desclassificado e perderá o benefício.

Vagas

  • A primeira fase de inscrições atraiu 56.241 interessados. Foram oferecidas 2.500 vagas entre processos de primeira habilitação, adição ou mudança de categoria.
  • Ainda haverá outra etapa de inscrições este ano, a ser realizada entre os dias 16 e 25 de setembro, quando serão disponibilizadas mais 2.500 oportunidades.
  • De 2011 até o 2019, 13.565 pessoas foram beneficiadas pelo programa no Estado.

Fonte: Detran-ES

DA REDAÇÃO DO JORNAL A ILHA | COM INFORMAÇÕES TRIBUNA NOLINE

Comentários Facebook