Audiência Pública proposta pela Câmara de São Mateus vai discutir importância do Petrocity para o Norte

O projeto do porto está estimado em R$ 3,1 bilhões e vai gerar 2,5 mil empregos diretos em sua implantação e outros 3 mil na operação.

210

Através do requerimento 037/2019, o vereador Jorginho Cabeção, presidente da Câmara, solicitou e o parlamento aprovou seu pedido de realização de Audiência Pública com todos os segmentos da sociedade, para discutir a apresentação do projeto de instalação do Complexo Portuário – Petrocity em São Mateus, em data, local e horário a serem definidos.
Assinaram com Jorginho os vereadores Jerri Pereira e Jozail do Bombeiro.

O vereador Jozail do Bombeiro assinou o requerimento
O vereador Jerri Pereira assinou o requerimento

“Nossa proposta de audiência pública tem como objetivo envolver a sociedade no processo de instalação do Centro Portuário que será instalado em Urussuquara. É um empreendimento de grande relevância social e econômica para o povo de São Mateus, por meio da geração de emprego e renda”, justificou Jorginho.
Presidente da Câmara de Vereadores, Jorge Recla

Jorginho Cabeção quer a sociedade discutindo impotânciado projeto

Considerado um marco da nova história econômica das regiões Norte e Noroeste do Espírito Santo, com impacto também sobre o Leste de Minas e Sul da Bahia, o porto terá um investimento em torno de R$3,1 bilhões e prevê a geração de mais de 2.500 empregos já durante a sua instalação.

MEGA PROJETO

“O projeto deste megaporto já foi apresentado para algumas autoridades, porém a sociedade ainda não sabe o tamanho deste empreendimento. Para se ter uma ideia, além do Porto, haverá uma estrada de ferro de 560 km, ligando o Centro Portuário ao município de Sete Lagoas, Minas Gerais. Está aí a importância para a nossa cidade”, disse o vereador.
O novo porto visa a atender à produção das regiões norte e noroeste do Estado, além de Minas e Sul da Bahia. A obra faz parte de uma proposta logística intermodal ligando as regiões atendidas por meio de uma nova ferrovia para o escoamento para o porto.
O projeto do porto está estimado em R$ 3,1 bilhões e vai gerar 2,5 mil empregos diretos em sua implantação e outros 3 mil na operação. A proposta foi apresentada em janeiro deste ano por José Roberto para representantes dos governos federal e estadual, além de municípios impactados de Minas e Espírito Santo, em cerimônia no Palácio Anchieta, sede do governo do Espírito Santo. Na ocasião, os parceiros comerciais da Petrocity também fizeram exposição de sua participação no projeto.

Comentários Facebook