Disputa no MDB estadual revela outro lado da banda podre

108
Lelo e Marcelino disputam presidência do MDB mês que vem

A alma do saudoso – por alguns, é claro – Ulisses Guimarães deve estar penando a estas alturas da disputa pelo comando do MDB no Estado. O partido de outrora tradições e lutas históricas encampadas nas ruas pelas Diretas Já, vive momentos de turbulência há um mês das eleições que irão definir quem comanda a legenda no Estado para os próximos anos.

De um lado o grupo do atual presidente Lelo Coimbra e do secretário Chico Donato contra o do ex-presidente e deputado Marcelino Fraga que tenta voltar à comandar a legenda como forma de dar uma nova dinâmica e estruturar o partido que, na verdade, está bagunçado, no bom sentido.

Atual ocupante de cargo de chefia no Ministério das Cidades do Governo do presidente Jair Bolsonaro, Lelo Coimbra é acusado de usar o cargo para captar votos junto aos convencionais e garantir a sua reeleição. Vale lembrar que os aliados de Marcelinho possuem até material que comprova um encontro de Lelo em Linhares quando teria deixado claro que, quem votasse nele, teria agrados do Ministério.

Pior de tudo é quando se constata que o atual presidente do partido procura difamar autênticos peemedebistas (hoje emedebistas) como se fossem os responsáveis pela decadência da agremiação no Estado. É bom lembrar que, na maioria dos municípios capixabas se quer elegeu vereadores nas eleições passadas. Sem contar que, até na Capital não elegeu vereador, o mesmo se registrado em São Mateus, mais antiga cidade do Estado. Aliás, há muito tempo isso não acontece. Só para lembrar no Norte apenas Linhares elegeu prefeito do MDB.

Autênticos do partido que se mobilizam para apoiar Marcelino Fraga agora são atacados pelos aliados de Lelo, como forma de continuar “mamando nas tetas do Partido” e se beneficiando de cargo no Governo Federal para angariar votos que garantam sua permanência no Poder.

A pergunta que não quer calar. Será que o Presidente Bolsonaro e o Ministro Sérgio Moro sabem que no Espírito Santo estão usando o Governo Federal para a captação de votos para a eleição do Diretório do MDB? A essas alturas a alma do lendário Ullises Guimarães deve estar aflita.

DA REDAÇÃO DO JORNAL A ILHA COM INFORMAÇÃO / HILMAR DE JESUS

Comentários Facebook