Vídeo mostra babá batendo com celular na cabeça de criança

A proprietária da creche assinou um termo circunstanciado por maus tratos e responderá pelo crime em liberdade

125

Vídeos registrados em uma creche de Maria Ortiz, em Vitória, mostram um bebê sendo agredido por duas mulheres. Em um dos casos, a criança é agredida com um celular na cabeça.

O vídeo, enviado à reportagem da TV Tribuna/SBT, mostra duas mulheres ao lado da criança que está chorando. Uma das mulheres, incomodada com o choro, bate com o celular na testa da criança. Uma segunda mulher, que está do outro lado, dá novos socos na cabeça do bebê e faz um movimento como se beliscasse a bochecha.

Irritada, a primeira agressora então puxa a criança à força do carrinho por um dos braços e grita para uma criança buscar a mamadeira que está na cozinha. E afirma: “Quer colo esta m…”.

A denúncia dos maus tratos foi apresentada à Comissão de Proteção à Criança e ao Adolescente e de Políticas sobre Drogas da Assembleia Legislativa do Espírito Santo, que tem como membro o deputado Delegado Lorenzo Pazollini, ex-titular da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente do Estado.

A comissão tomou o depoimento da mãe da vítima e encaminhou à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), para início das investigações.

Segundo a Polícia Civil, o delegado identificou a autora das agressões ao bebê, que é a dona da creche, intimou para prestar esclarecimentos na unidade e, durante o depoimento, ela confessou as acusações.

A proprietária da creche assinou um Termo Circunstanciado por maus tratos e responderá pelo crime em liberdade. Ainda segundo a polícia, o inquérito foi remetido à Justiça.

DA REDAÇÃO DO JORNAL A ILHA | COM INFORMAÇÕES TRIBUNA ONLINE

Comentários Facebook