Temer chega à sede da PF em SP para se entregar após mandado de prisão

Ex-presidente prometeu se apresentar, mas teve que esperar juíza expedir mandado de prisão

15

O ex-presidente Michel Temer (MDB) deixou sua casa, no Alto de Pinheiros, Zona Oeste de São Paulo, às 14h45 desta quinta-feira para se apresentar à Justiça . Ele chegou à sede da Polícia Federal em São Paulo por volta das 14h55. Lá, deve aguardar a definição sobre o local onde ficará preso. Sua defesa pediu para que a custódia seja na capital paulista . Os advogados do ex-presidente pediram que ele fique preso em São Paulo, e não no Rio, onde corre a ação em que é réu acusado de corrupção nas obras de Angra 3.

O ex-presidente era alvo de investigação por suspeita de recebimento de propina da construtora Engevix, em troca de contratos na execução de obras da usina nuclear de Angra 3, na Costa Verde fluminense.

O empresário José Antunes Sobrinho  teve sua delação premiada homologada  pelo ministro Luís Roberto Barroso em outubro do ano passado. À PF, o empresário detalhou as negociações com o coronel João Baptista Lima, amigo de Temer e apontado como seu principal operador pelos investigadores, além das pressões sofridas para fazer pagamentos ao MDB.

Na noite de quarta, Temer havia prometido se entregar voluntariamente, mas estava esperando a expedição do mandado de prisão. À tarde, a Justiça deu prazo para que ele se entregasse até às 17h .

A prisão do ex-presidente era esperada desde às 7h. Profissionais de imprensa se aglomeravam em frente à residência, que teve os portões abertos agora à tarde para que dois carros saíssem a caminho da Superintendência da Polícia Federal em São Paulo. Temer estava em um dos veículos.

DA REDAÇÃO DO JORNAL A ILHA | COM INFORMAÇÕES O GLOBO

Comentários Facebook