Marina Ruy Barbosa diz que ficou abalada por ter sido envolvida na separação de José Loreto

Polêmica ganhou força quando outras atrizes deixaram de segui-la nas redes sociais

9
Quase três meses depois da separação de José Loreto, 34, e Débora Nascimento, 33, polêmica à qual teve seu nome atrelado, Marina Ruy Barbosa, 23, já se sente mais confortável para falar do caso.Na edição de maio da revista Marie Claire, a atriz revelou que teve crises de ansiedade na época e que ficou abalada. “Não vejo sentido em falar sobre um assunto que não é meu, não faz parte da minha vida”, disse à publicação. “Claro que eu não tive nenhum tipo de envolvimento com ele. E só.”

Colega de elenco de Loreto em “O Sétimo Guardião” (Globo), Marina foi apontada como pivô da separação dele, anunciada em fevereiro.

A polêmica, no entanto, ganhou força quando outras atrizes deixaram de segui-la nas redes sociais, supostamente em apoio a Nascimento. Até Giovanna Ewbank, 32, madrinha de casamento de Marina, se uniu ao grupo.

“Obviamente, ter meu nome nisso me abalou. Tive crises de ansiedade e momentos bem conturbados. Foram dias intensos, sem que eu entendesse muito bem o que estava acontecendo”, completou Marina na entrevista.

Em abril, a protagonista de “O Sétimo Guardião” já havia se manifestado sobre o assunto, dizendo que continuava frágil. “É impossível ter um terremoto embaixo de você e você ficar inabalável”, disse à época a Leo Dias, colunista do UOL.

Já Loreto e Nascimento parecem estar levando a relação de forma mais amigável após o turbilhão que tomou conta de suas vidas quando anunciaram a separação. Eles festejaram juntos, há cerca de duas semanas, o aniversário de um ano de Bella, filha dos dois.

DA REDAÇÃO DO JORNAL A ILHA | COM INFORMAÇÕES TRIBUNA ONLINE


Comentários Facebook