Financiamentos do Bandes a projetos econômicos capixabas comprometidos com o meio ambiente aumentam em 2018

32

Em 2018, o Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) liberou mais de R$ 6 milhões para financiamento de projetos ligados à economia verde. Os números demonstram que o interesse das empresas capixabas em desenvolver uma economia com menos impacto no meio ambiente vem aumentando.

Os R$ 6 milhões, alcançados com a liberação de 19 projetos no ano de 2018, superam os resultados do ano anterior, quando foram liberados R$ 1,2 milhão pela aprovação de oito projetos. O aumento vem acontecendo gradualmente desde 2015, quando o Bandes aderiu ao programa que apoia energias renováveis, especialmente no que tange à instalação de placas fotovoltaicas, o Programa de Economia Verde.

Além de contribuir para o cumprimento da responsabilidade social com as pautas ambientais, a adesão a um financiamento desse tipo auxilia na redução dos custos das empresas. “A elevação dos custos com energia e as mudanças climáticas abalam a geração energética atual. Como a energia elétrica muitas vezes é um dos principais custos para o negócio, muitos empreendedores estão buscando diversificar a matriz energética, buscando linhas de financiamento específicas para investimento em tecnologias limpas”, destaca Sávio Caçador, gerente de Planejamento do banco capixaba.

A ideia central da economia verde é que os processos produtivos da sociedade e as suas transações econômicas contribuam para o desenvolvimento sustentável. Os projetos de investimento devem promover o estímulo à geração e uso de energias renováveis e alternativas, o uso eficiente dos recursos, com estímulo à reciclagem e adequação ambiental na busca pela eficiência energética.

Simulação

Caso esteja interessado, no site ou no aplicativo para smartphones pode ser feita uma simulação. Basta responder algumas perguntas para saber que tipo de crédito é o ideal. O atendimento também pode ser feito presencialmente na sede do banco, em Vitória. No site www.bandes.com.br, o interessado também pode acessar os endereços dos parceiros consultores em todos os municípios capixabas.

DA REDAÇÃO DO JORNAL A ILHA / COM INFORMAÇÃO BEATRIZ MOREIRA

Comentários Facebook