Adolescente de 15 anos morre em lagoa particular em São Mateus

101

Uma tragédia marcou a vida de uma família, moradora do Residencial Village, em São Mateus na tarde deste domingo (3). O adolescente Gabriel Zordan, de 15 anos estava com amigos em uma lagoa localizada em uma área privada, entre o Residencial e o Bairro Litorâneo, quando acabou morrendo afogado ao tentar atravessar a nado de um extremo para o outro.

No momento do afogamento do adolescente havia pelo menos 40 pessoas tomando banho na lagoa, mas apenas um senhor percebeu quando Gabriel se afogando. Acreditando que o adolescente estava brincando, a testemunha contou ao Corpo de Bombeiros que nem se atentou em dar o alarme de imediato, o que só veio a fazer quando percebeu que Gabriel não havia retornado à superfície.

Durante todo o final da tarde de domingo quando foi dado o alerta do afogamento equipe do Corpo de Bombeiros de São Mateus realizaram buscas, mas não conseguiram êxito na localização do corpo de Gabriel, o que só ocorreu na manhã desta segunda-feira (4) quando mergulhadores da Capital vieram a São Mateus e reiniciaram as buscas. O corpo foi resgatado da lagoa às 11h30.

O comandante do Corpo de Bombeiros da cidade major Sartório revelou que esta é a primeira vez que os mergulhadores veem a São Mateus para trabalhar no resgate de vítima de afogamento. Lembrou ainda que as pessoas precisam ter cuidado quando vão tomar banho em barragens ou lagoas. Alerta que a água doce é mais perigosa do que a água do mar, o que facilita o afogamento “por ser de forte correnteza e pesada para nadar”, advertiu.

A mãe de Gabriel que pediu para não ter o nome divulgado desabafou ainda no local onde corpo do filho foi resgatado: “As autoridades deveriam trabalhar para que fosse implantado o serviço de profissionais mergulhadores aqui no Norte para evitar que pessoas venham morrer afogadas da forma que aconteceu com Gabriel”.

DA REDAÇÃO DO JORNAL A ILHA / HILMAR DE JESUS
Comentários Facebook