Conceição da Barra quer preservar nascedouros de Tartarugas

111

O Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente de Conceição da Barra, André Luiz Campos Tebaldi, mestre em Ciências Florestais e Especializado em Administração e Manejo de Unidades de Conservação fez circular um documento aos meios de comunicação do Estado nesta segunda-feira com foco na preservação das tartarugas marinhas.

De acordo com Tebaldi, o litoral de Conceição da Barra é protegido por duas Unidades de Conservação da Natureza, o Parque Estadual de Itaúnas e pela Área de Proteção Ambiental, além da área urbana da sede do Município.

Essas áreas são locais de reprodução de 03 (três) das cinco espécies de tartarugas marinhas existentes no mundo, dentre essas há registro da tartaruga gigante, ameaçada de extinção em nosso País.

A este fato, o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (IBAMA) editou a Portaria nº 10/1995 que proíbe o trânsito de veículos na faixa de praia, em várias regiões do País, que “inclui nossa região no Estado do Espírito Santo. Tal iniciativa visa além de proteger áreas de reprodução, ovos e filhotes de tartarugas marinhas, evita também os processos erosivos pela destruição da vegetação de restinga, essencial para a manutenção e estabilidade da linha de costa”, informa.

E prossegue: “Estamos em pleno período de alta temporada que coincide com o período reprodutivo das tartarugas marinhas, assim estamos em ação de controle e combate ao uso de nossas praias para trânsito de veículos. É uma ação em parceria com o Ministério Público Federal, IEMA, ICMBIO, Polícia Militar Ambiental”.

Ainda de acordo com o documento enviado à imprensa pelo secretário, a circulação de veículos nas praias, além de crime ambiental configura-se como infração administrativa de trânsito segundo artigo 187 do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN).

DA REDAÇÃO DO JORNAL A ILHA – HILMAR DE JESUS

Comentários Facebook