PREFEITURA DE VILA VELHA E CONVENTO DA PENHA JÁ PREPARAM A FESTA DA PADROEIRA DO ESTADO

A Festa da Penha é a terceira maior do país e a maior do Estado. A Secretaria de Turismo de Vila Velha já está preparando diversas estruturas para suporte do evento que vai de 21 a 29 de abril.

19

Como pricipal objetivo atrair o público jovem e suas vocações para a Igreja Católica, foi lançado oficialmente na última terça-feira (27) o tema da Festa da Penha 2019, Para o próximo ano, foi projetada também uma nova identidade visual com simbologia voltada para a significação da luz e da influência dos vitrais para o meio religioso.

A festa, que tradicionalmente tem início no domingo de Páscoa, acontecerá dos dias 21 a 29 de abril, com o tema “Eis aqui a Serva do Senhor” (Lc. 1,38). O Frei Pedro de Oliveira recorda que Maria foi a grande vocacionada que se dispõe, se entrega e confia na gratuidade e na generosidade do pai.

Buscando atrair o público jovem, a programação promete ter momentos específicos para esse público alvo, bem como uma possível maratona da juventude para atrair o grupo. Em relação ao conceito de vocação, devem ser tratados assuntos de âmbito religioso, mas também profissional.

VOCAÇÃO DOS JOVENS

“Investir no jovem é fundamental. É investir no futuro do Brasil, e de fato, isso nos inquieta e angustia. Esta é a esperança, vocação dos jovens não só para a vida religiosa sacerdotal, mas também para o mundo do trabalho”, relata o Frei Pedro de Oliveira.

A escolha da nova identidade visual valoriza as cores azul, violeta, rosa, branco e amarelo. O conceito em formato de vitral, relata a simbologia e importância do objeto artístico para os Católicos, tendo um papel de evangelização que marca a arquitetura de diversos templos religiosos.

Em relação as cores e o conceito de luz, o padre Rento Crister, que representa a Mitra Arquidiocesana de Vitória na comissão central de organização da Festa da Penha, relata que a luz é um símbolo característico nas sagradas escrituras e na tradição da igreja. Um dos pontos de destaque é o dia de início da novena, que é a festa da Páscoa, considerada a festa da ressurreição e da luz.

“O próprio vitral tem essa função de nos remeter a esta realidade divina como um portal, uma janela que nos abre para uma realidade maior que a nossa. Através dessa arte queremos que todos possam refletir, rezar e mergulhar ainda mais no mistério da fé”, destaca o padre que afirma, inclusive, que esta pode se tornar a identidade visual oficial para todos os anos da festa da Penha

Para a maior festa religiosa do estado e terceira maior do país, o Convento da Penha e o município de Vila Velha se preparam para receber cerca de dois milhões de pessoas durante os oito dias de evento. Segundo a subsecretária de turismo de Vila Velha, Neymara Carvalho, como de costume, estão sendo preparadas diversas estruturas com banheiros químicos, liberação de áreas de tráfego, cadastro de vendedores ambulantes, entre outros.

 

JORNAL A ILHA – DA REDAÇÃO: HILMAR DE JESUS  

Comentários Facebook