Árbitro sem nenhum jogo de Série A é sorteado, e Figueira revela surpresa

40

No sorteio de arbitragem da CBF, o nome de Luiz César de Oliveira Magalhães, do Ceará, apareceu para comandar o duelo entre Inter e Figueirense, sábado, pela 27ª rodada do Brasileirão (será auxiliado por Marcione Mardonio da Silva Ribeiro e Armando Lopes de Sousa). Para o confronto, direto na luta contra o rebaixamento, o Furacão esperava um árbitro com mais renome. Isso porque o cearense ainda não apitou nenhum jogo da Série A em 2016.

Wilfredo Brillinger Figueirense (Foto: Luiz Henrique/Figueirense FC)Wilfredo Brillinger pede arbitragem atenta à pressão no Beira-Rio (Foto: Luiz Henrique/Figueirense FC)

Segundo o presidente Wilfredo Brillinger, em entrevista à rádio Guarujá, o sorteio causou surpresa. Pelo fato da pressão esperada no Beira-Rio, o mandatário gostaria de alguém que tivesse bagagem, mas entendeu a formatação da CBF.

– Em um primeiro momento, eu esperava um árbitro com mais
experiência, mas o critério da CBF tem sido assim. E sorteio existe a chance de
pegar um árbitro Fifa ou um que não tem experiência. Fiquei apreensivo no
início, ele apitou Paysandu e Bragantino e foi bem. Nessa metodologia da CBF
tem isso, existe a chance de cair um árbitro sem experiência. Mas o que
queremos é que não se deixe pressionar pelo Beira-Rio. Tem que ter
tranquilidade, ser imparcial e não entrar na pressão – alertou Wilfredo.

O presidente ainda afirmou que conversou com Sérgio Corrêa, presidente da Comissão de Arbitragem da CBF. O dirigente tranquilizou Wilfredo e fez elogios a Luiz César de Oliveira Magalhães, que na noite de segunda-feira apitou o jogo entre Paysandu e Bragantino, pela Série B.

– Confio plenamente e espero que não tenhamos problema, até
porque os árbitros que a CBF coloca no sorteio têm condições. Tecnicamente é um
árbitro da nova safra, precisamos renovar, mas vamos deixar isso. Depois da
escala conversamos com a CBF e nos tranquilizaram.

Confira mais notícias do esporte de Santa Catarina no GloboEsporte.com/sc


Comentários Facebook